Portal das CalopsitasPortal das Calopsitas

Tudo o que você precisa está aqui!
Pesquisar no site:

Início / Entenda sua ave / Como relacionar-se com sua ave

 

 

  

Cada calopsita tem seu temperamento, seu jeito de ser, portanto, não devemos compará-la com a de um amigo, vizinho, pois  elas não serão exatamente iguais, cada uma terá comportamento individual, característico dela.

 


CALOPSITA DOMESTICADA 

Mesmo mansas, umas são mais agitadas, outras mais calmas, algumas curiosas, outras nem tanto, umas adoram carinho a todo instante, outras não, portanto, devemos conhecê-las e respeitá-las e isso significa não ficar insistindo em tocá-las quando é percetível que não querem, pois acabam ficando estressadas. 

Da mesma forma,  algumas não toleram ser tocadas pelas costas, ou até mesmo no penacho, outras adoram e até pedem, e esse comportamento não tem nada a ver com a forma que foram domesticadas, é de sua característica individual.


 esta aqui gosta de um carinho no ouvido...

... esta outra também aprecia contato na cabeça, atrás do penacho



imagens cedidas por Bruna Forain

 

 

Geralmente, essas diferenças comportamentais entre uma calopsita e outra fazem surgir dúvida no novo dono que a ave não seja realmente mansa, mas isso não é verdade, basta tentar compreendê-la.

Respeite sempre o horário de sono deixando-a em sua gaiola, pois mesmo mansa a ave precisa se sentir segura em um espaço  físico somente seu, aonde possa também ter seu alimento e água ali sempre disponível e renovado.

 

Não exija 100% do tempo da calopsita para você, vão existir momentos que sua calopsita irá gostar de brincar, mas também precisará descansar mesmo durante o dia, portanto, proporcione a ela um ambiente tranquilo, adequado para poder dormir. Lembre-se que não podemos comparar e tratar de forma igual uma ave e um cachorro, por exemplo.  O assédio frequente  pode deixar a ave estressada e nervosa, podendo inclusive levá-la à morte.  

Nunca deixe a gaiola no chão, as aves se sentem seguras em lugares altos, se não tiver aonde colocar a gaiola, ponha-na em cima de uma mesa.

Muito cuidado na interação criança x pássaro, pois movimentos bruscos assustam o pássaro, não deixe uma criança sozinha com a calopsita, deixe sempre uma pessoa adulta supervisionando 100% do tempo enquanto ambas estiverem próximas.

 

 

 

COMO PEGAR MINHA CALOPSITA

Fique atento ao modo de pegar sua calopsita.  Nunca dirija a mão espalmada em direção à ave, isso a assusta, o pássaro não tem como relacionar a mão à sua pessoa, portanto,  na maioria das vezes vai se defender, abrindo o bico na direção da mão e dedos, e você entender que a ave é ou se tornou arisca.

 

 

Se mansos, ofereça o dedo ou o dorso da mão ao invés de pegá-lo pelo corpo e pelas asas, desde que as condições sejam seguras para o pássaro,  caso tente voar (asas aparadas, ambiente fechado, etc.)

 

 

imagens : Rama Assis


Filhotes, sempre um jeito mais especial ainda de pegá-los : mão em forma de concha acondiciona melhor:

 

 

CALOPSITA ARISCA

A calopsita considerada arisca, é a que não foi domesticada, amansada desde filhote.  Portanto, o pássaro tem comportamento e reações igualmente a uma espécie na natureza : são ainda mais assustadiças e bicam forte como forma de defesa ao tentarmos pegá-las.  Portanto,  publicamos a seguir imagem que mostra o jeito correto de pegá-las, para evitar bicadas que podem machucar a pele :

 

imagens : Eli Moreno



Mapa do Site   |  Direitos autorais   |  Veterinários   |  Livro de Visitas   |  Fornecedores   |  Aves Perdidas/Encontradas   |  Criadores   |  Grupo de discussão

© Portal das Calopsitas - Todos os direitos reservados - Phelipp de Avila - Web Designer, Design Gráfico e Wordpress Theme Developer - 4 usuários online.