Portal das CalopsitasPortal das Calopsitas

Tudo o que você precisa está aqui!
Pesquisar no site:

Início / Cuidados Básicos / Reprodução / Problemas Reprodutivos

Os problemas podem estar relacionados ao manejo incorreto, saúde das aves e ao ambiente em que vivem: 
  1. Retenção de ovo 

  2. Bactérias : Escherichia Coli e Salmonella são responsáveis por problemas de reprodução, causando a diminuição da postura como também a contaminação da gema e o futuro filhote. 

  3. Os problemas nutricionais como deficiência de vitaminas A, e E podem acarretar anormalidades reprodutivas, o que são corrigidas através de uma alimentação equilibrada. 

  4. A falta de luz natural pela manhã inibe os estímulos para reprodução, pois as aves precisam receber luz, mesmo que artificial. 

  5. Manejo inadequado :
    5.a) Aves inexperientes (aves novas ou em sua primeira postura)
    5.b) F
    alta de local apropriado para reprodução que deixam as aves inseguras (local movimentado, barulho, etc.)
    5.c) Pessoas estranhas e/ou animais no ambiente em que as aves estão;
    5.d) Alimentação inadequada;
    5.e) Aves com saúde debilitada;
    Observação : aves experientes geralmente começam a chocar após o terceiro ovo botado;
    Resumo : as aves precisam se sentir seguras, saudáveis e interessadas em procriar para que o processo reprodutivo ocorra bem;

  6. Falta de interesse em se reproduzir;

  7. Falta de interesse entre o casal.  


     

OVOS QUEBRADOS


 Possíveis causas :

 

  1. casal quebra o ovo para comê-lo --> falta de proteínas
  2. casal percebe que os ovos não estão galados e quer iniciar nova postura
  3. ninho pequeno ou inadequado
  4. casal jovem (inexperiente)
  5. invasão do ninho por predador (barata, lagartixa, etc.)

 

 

 

OVOS DE TAMANHOS FORA DOS PADRÕES



 Ovo com tamanho menor do que o normal dificilmente terá chances de vingar.




à esquerda : tamanho normal

 





OVOS AMASSADOS OU TRINCADOS


Ovos com casca muito fina, amassada ou com rachadura, mesmo que minúsculas, não vingam.

O caso a seguir é bem interessante : o criador aplicou cola líquida na parte rachada, e o ovo acabou vingando!




casca do ovo colada após o nascimento do filhote

imagens cedidas por Rodrigo Phoenix

  

  

 
OVO PRESO

Significa quando a fêmea não consegue expelir o ovo,  o que leva a ave à morte caso não seja retirado.  A ave fica debilitada, não consegue expelir fezes, permanece na maior parte do tempo sentada no chão da gaiola, sem forças, ofegante.

As causas podem ser : 

1) Deficiência de cálcio (baixa ingestão e/ou absorção de cálcio), minerais e outros nutrientes são responsáveis :
    1a) ocasionarem ovos com deformidade na casca 
(fina, ausente, fina, formato alterado), 
    1b) músculos fracos, incapazes de se contrairem de forma adequada para expelir os ovos, principalmente quando há alteração da casca e tamanho do ovo.

2) Dieta rica em sementes oleaginosas (girassol, por exemplo);  

3) Parasitoses e infecções intestinais (impedem a absorção e a disponibilização do cálcio);

3) Outras deficiências : falta de exercício, sobrepeso, posturas seguidas;

4) Fêmea que entra na fase de reprodução ainda jovem (com menos de um ano);

5) Emagrecimento (após posturas excessivas ou após posturas com alimentação pouco nutritiva)

6) Ovos grandes;
 
7) Fêmea não se sente segura no ambiente em que está e pode reter o ovo até encontrar um local seguro para expelí-lo, este se calcifica mais intensamente, aderindo ao infundíbulo (oviduto) da ave;

8) Falta de luz solar;
 
9) Má formação da porção final do oviduto da ave (mais raro de ocorrer)
 
10) Fêmea com idade avançada; 

11) Tendência genética (falha na metabolização do cálcio);  

 

 

Observação :

  • Qualquer fêmea e em qualquer fase da vida pode desenvolver esse processo conhecido como retenção de ovos, desde de que já tenha alcançado a fase reprodutiva. 
     
  • O fato de uma ave já ter tido anteriormente uma postura, não significa que estará imune de ter ovo preso no futuro.  A retenção do ovo pode ser detectada apalpando o abdomen e a região próxima à cloaca, que fica proeminente, ou através de radiografia.

O Tratamento deve ser feito por um veterinário, à base de cálcio, Pulsatilla Nigricans CH 12 glicose via oral e aquecimento. 

Em algumas situações mais críticas, o ovo pode se quebrar dentro do organismo da ave, ou simplesmente não conseguir ser expelido.  Nesses casos,  somente com cirurgia é possível fazer o tratamento adequado. É importante que você não tente retirar, pois se quebrá-lo poderá ser fatal à ave.  Para ajudar a fêmea, você pode passar óleo mineral na região da cloaca e deixar a ave mantida aquecida, num recepiente adequado (uma caixa, por exemplo, como a que indicamos em EMERGÊNCIAS, no Capítulo SAÚDE), ou numa gaiola pequena sem poleiro, até você conseguir ajuda de um veterinário.








 

Estudo de caso :



 

 

Sintoma :
a) ave não defecava de forma normal (diarréica, sem volume)
b) surgiu um inchaço na região da cloaca,  de toque mole
c) ave se empoleirava e andava normalmente
d) ave começou a comer menos
e) perda de peso
 
Constatação :
a) dois ovos presos, um deles retirado próximo a região da cloaca, outro mais acima
b) devido aos ovos presos, a ave não conseguia defecar
 
Cirurgia :
a) retirada de um ovo na região da cloaca
b) retirada de um ovo mais acima, através de cirurgia com a retirada também do oviduto/utero
 
Causa/Causas
a) não identificada
 
Possibilidades num caso destes
a) musculatura interna que não ajuda o ovo a ser expelido (falta de cálcio, exercicio, genética)
 
Pós operatório
a) limpeza local e administração de antibiotico, vitamina, aquecimento durante fase recuperação

 

 

PROLAPSO DA CLOACA
 

Causas :

Infecções parasitárias, tumores abdominais, postura crônica de ovos, nutrição deficiente (deficiência de cálcio), e pré-disposição.  Determinar a causa exata pode ser difícil.
 

A deficiência de cálcio ocorre no sangue e nos tecidos, por isso, pode ocorrer a qualquer momento, seja antes, durante ou após a postura. Mesmo que haja cálcio disponível no organismo, pode não ser suficiente para a produção da casca do ovo, comparando com a quantidade de cálcio que o pássaro ingere num período de 24 horas.  

Quando há baixo nível de cálcio no sangue todos os músculos do corpo se torna fraco e o útero não se contrai o suficiente para expelir os ovos, os músculos próximos à cloaca.

Nessa situação, o pássaro deve ser mantido sob fonte de calor e receber cálcio para que ajude a aumentar o tônus muscular dessa região e o ovo consiga sair.

 





 

O prolapso pode ser desencadeado por uma infecção uterina ou da região da cloaca que com a irritação local pode causar a deformação do órgão resultando na expulsão da cloaca.  Nesses casos, o tratamento é feito com antibióticos para controlar a infecção.

Com o prolapso exposto, consequentemente vai desenvolver uma infecção podendo levar a ave à morte se não for devidamente tratada.  Em caso de prolapso, levar urgentemente a ave a um veterinário especializado em aves para que o procedimento mais adequado seja feito (geralmente nesses casos, somente com cirurgia para a recolocação do prolapso ao seu lugar.






Prolapso que ficou exposto por várias horas, a sua coloração nos diz que apresenta-se sadio, o suficiente para permitir sua recolocação dentro do abdomen.  É cuidadosamente feita assepsia do órgão.



 

A região é lubrificada com gel K-Y e o prolapso é cuidadosamente recolocado de volta. 





Para finalizar, é feito uma sutura no local, de forma que fique suficientemente preso ao abdomen, mas que permita que os excrementoe saiam de forma natural.

As causas que podemos controlar para impedir que ocorra em nossas aves com pré-disposição são : evitar que as aves fiquem obesas, através de uma alimentação balanceada, estimular as aves a se exercitarem.

imagens do animal hospital

 



Mapa do Site   |  Direitos autorais   |  Veterinários   |  Livro de Visitas   |  Fornecedores   |  Aves Perdidas/Encontradas   |  Criadores   |  Grupo de discussão

© Portal das Calopsitas - Todos os direitos reservados - Phelipp de Avila - Web Designer, Design Gráfico e Wordpress Theme Developer - 3 usuários online.